10 de set de 2014

Sistema táctico vs Modelo de jogo


Este post surge no seguimento da conversa a que assisti há minutos entre Vitor Pereira e Carlos Daniel no programa Grande Área sobre o sistema táctico da seleção e a sua influência na presença de jogadores em zonas de finalização. 

Apesar de serem dois conceitos diferentes estão interligados um com o outro. O sistema táctico é a base, é a disposição dos jogadores em campo, é o ponto de partida. O modelo de jogo é a dinâmica que é oferecida a esse sistema táctico. São os princípios que dão "vida" ao sistema táctico.  

Ainda é muito recorrente assistirmos a observações do gênero: " O 4x3x3 contra equipas mais fracas não resulta porque há pouca presença na área adversária". Não podia estar mais errada este tipo de ideia. O facto de a base da equipa ser o 4x3x3, ou seja, 3 médios, 2 extremos e só 1 avançado centro em nada tem a ver com a presença de jogadores na área adversaria quando a equipa se encontra em organização ofensiva. 

São as dinâmicas criadas entre os jogadores que vão determinar a quantidade de jogadores em determinadas zonas do campo, sejam elas defensivas ou ofensivas. Ao olharmos apenas para o sistema táctico de uma determinada equipa ou seleção não podemos retirar praticamente nada sobre os comportamentos que vão surgir com o decorrer do jogo. 

Pode uma equipa que joga em 4x3x3 ter mais gente em zonas de finalização do que uma equipa que actua em 4x4x2? Obvio que sim. Basta por exemplo que o extremo do lado aposto ao da bola aproxime do avançado e um dos médios interiores apareça dentro da área através de um movimento de rutura para que o número de jogadores em zonas de finalização aumente. E isto tanto serve para cruzamentos como para jogadas pelo corredor central.  

São as interações entre os jogadores que vão determinar o comportamento a seguir em função do contexto que o  jogo oferece e não a disposição dos jogadores em campo. 

O engraçado (ou triste dado que há muita gente que não entende) é que o facto de ter mais jogadores dentro da área não quer obrigatoriamente dizer que a equipa se encontra em condições mais favoráveis para finalizar.  É só contar o número de jogadores dentro da área neste lance aqui para confirmar que mesmo com poucos é possível criar situações claras de finalização bastando para isso ter uma organização ofensiva com principios de qualidade.









5 comentários:

Gonçalo Matos disse...

Boa posta! O sistema é algo estático e o modelo o que transmite a fluidez. Lembro-me do ano passado a malta dizer que o Sporting jogava em 4x3x3, quando na realidade era um 4-4-2 em muitas situações, fruto do avanço do André Martins em fase defensiva. Uma questão algo mais filosofica: fruto da dinamica quando tens a bola, achas que podes inferir o sistema da equipa quando atacam? Eu sinto muito mais facilidade em ver sistema de jogo na defesa. Nos ataques mais dinamicos, muitas vezes tens alterações ao sistema

Honoris disse...

Sinto o mesmo em relação a isso Gonçalo. Por isso o sistema não é tão importante como muitos dizem. As dinâmicas alteram tudo. Se pararmos a imagens em muitos dos ataques das equipas com mobilidade ofensiva, nem conseguimos perceber em que sistema estão a jogar.

Roberto Baggio disse...

O sistema é uma dinâmica do modelo de jogo. Se quiseres, um princípio de jogo como outro qualquer, que tem como objectivo distribuir os jogadores em campo.

Ainda assim, concordo com tudo o que pretendes demonstrar com o artigo. Não é por ter dois que eles atacam mais agressivamente as zonas de finalização. Depende da dinâmica, como disseste muito bem, e das características do jogador.

Bom artigo, abraço

Honoris disse...

Tens de ter sempre alguma coisa para rasgar, é incrível ahah

Abraço

Artur Semedo disse...

os sistemas são entrópicos. logo, os sistemas tendem para a desordem. o modelo é a tentativa do treinador de ordenar a desordem, isto é, fazer com que os jogadores saiam do sistema sem ser aleatoriamente, antes com intuitos definidos. o sistema é, por isso, mera representação geométrica e estática, o modelo é a dinâmica que diferencia futebol de matraquilhos... :P

© Domínio Táctico 2012 | Blogger Template by Enny Law - Ngetik Dot Com - Nulis