2 de out de 2015

Rúben Neves: É possível não gostar?

Foi uma das melhores coisas que Lopetegui já fez ao serviço do Porto: lançar Rúben Neves. A qualidade do jovem médio portista não deixa ninguém indiferente. Com apenas 18 anos de idade revela uma maturidade incrível dentro de campo, mostrando a cada lance que é um jogador com um futuro brilhante. Mais médio-defensivo do que médio interior, Rúben Neves tem demonstrado em campo, que mais importante do que a idade é a qualidade. Mostra a cada jogo que faz que para se realizarem exibições de qualidade não são precisos passes "vistosos" ou dribles desconcertantes mas sim oferecer à equipa o que ela precisa a cada momento de jogo.


Decorre*

10 comentários:

Inteligência disse...

www.facebook.com/transicaofutebol
www.transicaofutebol.blogspot.pt

Fantástico o vídeo e sensacional o Rúben Neves! É incrível, 18 anos e uma tamanha inteligência de jogo, qualidade no passe e tomada de decisão acima da média. Vai ser mais um encaixe astronómico para o Porto, espero que continue a evoluir, tem potencial para ser um dos melhores jogadores do mundo!

João Fernandes disse...

Será uma enorme pena se acabar no Chelsea de Mourinho. Este rapaz num Bayern treinado por Guardiola era um mimo.

Ruben Ribeiro disse...

Diria que foi a melhor.
Tanto para o Porto como para o futebol português.
Percebeu que o jogador era perfeitamente indicado para o modelo.
O Moreto Cassamá seria outro que eu apostaria, em vez por exemplo de ter o Evandro no Plantel.

João Fernandes disse...

O Evandro com um treinador que prefira a criatividade ao músculo seria bastante útil acredita.

Anônimo disse...

Honoris, quão longe está ele do nível do William?

Honoris disse...

Não acho que esteja longe do nível do William

Bernardo Ferrão disse...

Que jogador do crl! Para mim é o que tem mais potencial da liga portuguesa para chegar lá acima...

Anônimo disse...

E achas que a diferença é maior com ou sem bola?

Honoris disse...

Acho que o Rúben Neves percebe mais rápido onde tem que se colocar para ser cobertura ofensiva e que reage mais rápido à perda da bola

Acho o William mais forte a sair com a bola controlada e mais forte nos passes verticais. No final da época, certamente que o William, pelo menos sem bola, estará muito melhor do que é neste momento

bio disse...

Ai o meu rico William :)

Que diferença.


Tenho pena que o Rúben seja sistematicamente ultrapassado por André André, Danilo ou outro qualquer...

Ainda assim, quando o Porto tiver um treinador a sério, Rúben irá melhorar ainda mais. Uma bomba este puto.

© Domínio Táctico 2012 | Blogger Template by Enny Law - Ngetik Dot Com - Nulis