24 de nov de 2015

O Sporting de JJ e o Benfica da Estrutura


Quantos mais jogos entre ambos, maior a certeza de que o Sporting é muito, mas muito mais equipa que o Benfica. Mérito total para o seu treinador (ou será para a estrutura do Sporting?!). O salto qualitativo que o Sporting deu é enorme. O que antes era raro acontecer, agora acontece quase sempre. Uma equipa organizada em todos os momentos do jogo, apesar de ainda ter muito para evoluir como é natural que aconteça nesta fase da época. Muito difícil encontrar situações em que o portador da bola não tenha várias opções de passe; Muito difícil encontrar os jogadores do Sporting em inferioridade numérica, seja a atacar ou a defender. Muito difícil encontrar lances em que os jogadores do Sporting não reajam de forma agressiva à perda de bola. Em tudo o que é colectivo, este Sporting é claramente superior ao Benfica. 

 

                            
Maior proximidade a defender, maior facilidade em sair da pressão de forma apoiada




5 comentários:

Mike Portugal disse...

Bom trabalho Honoris. Gostava, se te for possivel, que fizesses um trabalho deste género mas analisando exclusivamente o jogador Bryan Ruiz. Acho-o extremamente inteligente, para além de bom tecnicamente, mas nada como umas imagens para me provar ou desmentir ;)

BlessedCarrot disse...

Gostei.
Obrigado

Pergunto te opinião sobre o lance do Golo do Benfica dado que nasce precisamente do passe mais em largura que em profundidade. Há mérito do Pizzi e oportunismo do Mitroglo mas não haverá azelhice à séria do Lateral e da defesa dado que estão 4x2?
Se puderes também no lance do quase pênalti do Gaitan existe mais uma situação estranha num charuto parecido. Qual é a tua análise ?

Honoris disse...

Sim o João Pereira devia estar em linha com o Paulo Oliveira no lance do golo. Nesse lance do Gaitan, pelo que é possivel ver nas imagens, o Ewerton está mal posicionado (muito proximo do Paulo) e depois há uma descoordenação entre o Patricio (que me parece estar recuado demais) e o Jefferson que se deixa antecipar

Ricardo Gil Dias Lopes da Cunha disse...

Bom dia,

Já tinha lido vários textos, com análises extremamente bem feitas (parte gráfica ajuda, e muito, a passar a mensagem), pelo que decidi comentar mais para dar os parabéns ao autor.

Suponho que ainda deve dar algum trabalho reunir as imagens e documentá-las, mas também gostava de ver algo mais detalhado e centrado no Bryan Ruiz: concordo com o comentário anterior, pois o costa-riquenho é um jogador top, na inteligência (decisões), na técnica, no entendimento do jogo.

Já sou leitor fiel, espero que continue com esta dinâmica. Cinco estrelas :)

DM disse...

No lance do golo também há desatenção do João Mário, que desiste do lance quando não tinha ninguém nas costas para cobrir e ficou literalmente estático a ver o que ia acontecer

© Domínio Táctico 2012 | Blogger Template by Enny Law - Ngetik Dot Com - Nulis