15 de fev de 2016

Neymar, Messi e as virgens ofendidas

Ninguém olha da mesma maneira para o futebol, e aceitando todas as opiniões e gostos, há coisas que me são completamente difíceis de entender. A tendência para apenas olharmos para o lado negativo de um lance que acontece em campo é típico da mentalidade portuguesa no que diz respeito ao futebol. Vê-se um penalti como o de Messi, e a 1ª coisa que se diz é que é uma falta de respeito pelo adversário, é humilhação, é vergonhoso. Vê-se este lance de Neymar, frente ao Athletic, e as afirmações são as mesmas. 


Elogia-se e delira-se com equipas que ganham sem sequer tentarem jogador futebol, e criticam-se jogadores que além de ajudarem a sua equipa a ganhar, ainda tornam aqueles 90 minutos mais divertidos, mais animados, mais bonitos. Elogiam-se equipas que ganham com base no trabalho sem bola que fazem em campo, com base na agressividade com que disputam os lances, com base em bolas divididas mas criticam-se jogadores como Neymar por dar cuecas, cabritos e mais não sei o quê, que é uma delicia de se ver. 


Delira-se com entradas duras e correrias loucas porque isso mostra garra, vontade, paixão, mas criticam-se lances que levantam um estádio, que fazem do futebol um espectáculo agradável de se ver. 


9 comentários:

Elias Brito disse...

Para quem não gosta destes tipos de lance é claro o modo de pensar "pequeno". Lamentável.

Gonçalo Matos disse...

Se calhar tb não gostaram dos golos do ricardinho no futsal

Fábio C disse...

Não é só em Portugal que existe essa mentalidade. Basta olhar para a reacção dos jogadores do Bilbao...
Em ultima analise, o treinador do Barcelona em 15 dias falou duas vezes em não haver necessidade de humilhar o adversário. Eu pergunto-me o que é que ele pretende dos jogadores dele... O que se pode tirar de declarações daquelas quando tens ao teu dispor os melhores?

ricnog disse...

o problema é que este tipo de jogadores, por ca, são encostados logo nos seus inicios, com escolares ou infantis......!!!!! Estes jogadores "não interessam".....! Aquele miudo que tem 3 metros e da umas frutas é que e mais importante!!!!

bio disse...

O problema não é senão a cultura do politicamente correcto.

Vivemos numa altura em que não podemos ver um par de mamas na TV (vide exemplo do superbowl) ou de mandar um piropo.

Criamos putos cheios de defesas contra as vicissitudes da vida, e mau aceitamos de bom grado, o talento rebelde nos outros.

Ia gostar de ver o Neymar fazer isso contra o meu Sporting? Claro que não, mas tenho que aplaudir pela qualidade.

Se o Neymar fizesses isso é verde e branca vestida, nem me lembrava dos pares de mamas ;)

Gonçalo Mano

Marc Vèsper disse...

Acho desnecessário o Neymar fazer isso; e ele faz isso desde o Santos, uma vez apanhou feio. Ele só faz isso quando o placar está ganho, me parece covardia.

B. Jardim disse...

Marc,

Mentira, o Neymar faz isso a qualquer altura do jogo, esteja a equipa dele a perder ou ganhar (ex James), as pessoas é que só ficam picadas quando estão a perder e, por isso, dão mais ênfase nessas alturas.

Carlos Jorge disse...

Posso mandar um piropo a tua irmã? Se achas isso normal...

De resto concordo com o post

bio disse...

Podes fazer o que quiseres,achas bem seres preso por um piropo?

© Domínio Táctico 2012 | Blogger Template by Enny Law - Ngetik Dot Com - Nulis