4 de abr de 2017

Man Utd em organização ofensiva: O caminho mais utilizado para chegar ao golo


Continua a campanha deprimente do Man Utd no campeonato inglês (mais jogos sem ganhar do que aqueles que ganhou, sendo que em casa conseguiu apenas 6 vitórias em 15 jogos). No mais recente desaire (1x1 frente ao Everton), bem como em tantos outros jogos, este foi um dos caminhos mais utilizados para chegar ao golo. Muita circulação em U, ou seja, por fora do bloco, com o único objetivo de chegar aos corredores laterais e cruzar para a área. Pouca preocupação em criar condições para penetrar com qualidade pelo corredor central. 

Deixo também um dado surpreendente (ou então não) sobre a época do Man Utd

Man Utd crosses per PL game:
Moyes: 26.7 
Mourinho: 25.4 



1 comentários:

omeiocampo disse...

O caso de Mourinho é um caso estranho. Normalmente há muitos casos de treinadores (por exemplo) que chegam ao topo e depois deixam-se apanhar pelo tempo, deixam de evoluir enquanto todo o resto do mundo evolui, acabando por ficar ultrapassados.
Mourinho é mais que isso. Parece até que renunciou a princípios que o fizeram sobressair-se dos demais em anos já passados da sua carreira. Parece que renunciou ao que o fez ser um dos treinadores da vanguarda e que lhe permitiu chegar ao sucesso. Não consigo encontrar nenhuma explicação para o que se sucedeu. Não sei se foi por já ter tido sucesso com alguns destes métodos, se foi por algum contexto em especial. Mas que tem contribuido para esta fase decadente da carreira, disso tenho a certeza. E não me venham com histórias de que o plantel não tem qualidade. Poderia ser melhor, principalmente em termos defensivos? Poderia. Mas não é por aí. Com o plantel que tem, obrigatoriamente teria de estar a apresentar melhores resultados.

© Domínio Táctico 2012 | Blogger Template by Enny Law - Ngetik Dot Com - Nulis